Michele Zgiet

 

Educadora e Artista na área de linguagem: trabalha com educação, performance, dança e literatura em transciplinaridade. Licenciada em Língua Portuguesa e Literaturas Lusófonas pela UFRGS (2005), é mestranda em Literatura Brasileira, com trabalho voltado ao estudo do Romantismo, pela mesma universidade. Atualmente está cursando Biblioteconomia, na UFRGS. Foi bolsista no projeto de pesquisa “Angola: mito e guerrilha” coordenado pela Professora Jane Tutikian na Faculdade de Letras da UFRGS, através do qual travou contato com literatura e cultura angolana. Tem formação em estudos antropológicos do Imaginário e Teorias do Imaginário, frequentando o Grupo de Estudos de Teorias do Imaginário na PUC-RS coordenado pela Prof. Dra. Ana Maria Lisboa de Mello. É professora de Literatura e Redação em EJA e pré-vestibular, co-autora de material didático de literatura publicado pelo IESDE. Em 2001 a 2002 trabalhou como professora voluntária no Projeto Educacional Alternativa Cidadã,  curso preparatório para o vestibular destinado a pessoas de baixa renda, preferencialmente afrodescendentes, com foco na UFRGS. Foi consultora no acervo familiar de Mario Quintana, onde catalogou e inventariou manuscritos, publicações e documentos do poeta para que fossem encaminhados ao Instituto Moreira Salles. Como artista, procura aliar todos estes estudos em um todo de múltiplas vozes. O primeiro fruto artístico foi a fundação das Ilhas Gaudilhas, nação por afinidade, com desdobramentos performáticos ao longo de 2011. Estudou no Grupo Experimental de Dança de Porto Alegre e apresentou a performance “E você dançaria pra mim?” no III Festival Internacional Dançapontocom de 2011, evento organizado pelo Cento Municipal de Dança de Porto Alegre. Fez parte da programação da semana de aniversário de Mario Quintana na Casa de Cultura Mario Quintana em julho de 2011, participando da performance “Man-chá”, de Mariana Konrad e apresentando a série de performances “115 poemas de Quintana”. Em colaboração com Estevão Haeser armou a instalação-desmontável “Varal de poesias” na Casa de Cultura Mario Quintana e performou seu “Casa(M)ento” no fim das atividades  da Casa M, na 8ª Bienal do Mercosul, em 2011. Em 2012 foi palestrante convidada no “Seminário Internacional de formação integrado no projecto ITEMS (Innovative Teaching for European Museum Strategies) : Construir pontes entre escolas e museus”, organizado pela APECV – Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual, de Portugal, dias 20, 21 e 22 de Fevereiro de 2012 em Lisboa (Museu Colecção Berardo) e Cascais (Casa de Histórias Paula Rego). Participou com a palestra “A Casa M como Zona de Autonomia Poética na 8ª Bienal do Mercosul”.

Produção recente

Portfólio

COLABORAÇÃO:

 APOIO:

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now